Dia difícil para Praia em Portimão

No final do primeiro dia de pista em Portimão Miguel Praia lutou com a Honda CBR 600RR do Team Lorini. Sem conhecer a moto, que descobriu apenas esta manhã na pista algarvia, Miguel Praia rapidamente tomou consciência que muito terá que fazer para tornar a moto não apenas competitiva para a prova mas acima de tudo a seu gosto.

130607_SBK_praia.jpg

Com afinações de suspensão bem distintas daquelas que estava habituado nas suas CBR 600RR o piloto de Albufeira nunca se sentiu confortável com a moto em qualquer uma das sessões de 45 minutos realizadas, não conseguindo melhor que o 26º posto na sessão de treinos livres e posteriormente o 27º na sessão de treinos cronometrados realizada durante a tarde.

"A moto está muito difícil de guiar. Nunca me senti confiante com a mesma e em consequência não consegui realizar uma volta limpa, ao ataque. As afinações de suspensão são muito distintas de alcançar, o Team Lorini utiliza unidades preparadas por um conhecido especialista italiano, muito distintas daquelas que conhecia e utilizava quando estava na equipa da Parkalgar. Por isso tive que de alguma forma aprender tudo em relação ao seu funcionamento e como reagem as suspensões ás alterações que vamos fazendo. Em 45 minutos é muito complicado de o conseguir, mas no final deste primeiro dia conseguimos perceber com a ajuda da telemetria qual o rumo e amanhã vamos tentar melhorar em definitivo a moto."

Miguel Praia espelhava assim alguma desilusão no final deste primeiro dia de pista com a Honda CBR 600RR do Team Lorini, mas confiante quanto ao dia de amanhã, o mais importante em termos de qualificação e preparação da moto para o dia de Domingo.

"Percebemos o que deveremos fazer amanhã e isso é importante. A equipa está empenhada em conseguir solucionar o problema, porque está a afectar igualmente o De Rosa. Nos pontos mais criticos do circuito não consegui ter confiança na moto e é preciso que ela exista. Sei que posso andar bem mais depressa e amanhã vamos trabalhar na sessão inicial para conseguir encontrar as melhores soluções."

Confiança não falta a Miguel Praia que espera amanhã poder realizar uma volta rápida a 100% ao traçado de Portimão, ele que está manhã redescobriu igualmente a diferença de potência desta CBR 600RR face à 1000 que tem utilizado no campeonato brasileiro.


Publicado em 2013-06-07 17:06:00