Miguel Praia, 6º em Curitiba

O trabalho de Miguel Praia no Campeonato Brasileiro Moto 1000GP continua a evoluir muito positivamente, que depois de ter tido o melhor tempo na primeira fase de qualificação, fez um excelente arranque mas falhou totalmente a primeira travagem. A corrida foi uma batalha de recuperação, como podem ver no vídeo.



Texto: MPraia

Miguel Praia mostrou hoje no traçado brasileiro de Curitiba toda a sua rapidez. Aos comandos da Honda CBR 1000RR com as cores da Center Moto o piloto de Albufeira terminou a segunda corrida do Moto 1000GP na sexta posição, um resultado que no entanto não espelha o ritmo evidenciado pelo algarvio. Numa pista difícil, muito ondulada, Praia não encontrou a melhor afinação para a sua moto, mas nem por isso baixou os braços e partiu decidido para a luta no traçado que honra o nome da lenda Raul Boesel.

O piloto português, consciente das dificuldades que teria que enfrentar, atacou logo na primeira curva. Saindo da sétima posição na grelha Praia queria estar junto com os homens da frente logo na fase inicial da corrida, mas na travagem para a primeira curva Praia não conseguiu segurar a trajectória e abriu demasiado a curva, descendo até à 12ª posição.

"Arrisquei e não correu bem. Era terceiro na chegada à primeira curva mas alarguei em demasia a trajectória depois de uma escorregadela exagerada da traseira da minha moto. Tinha que o fazer." Mas Miguel Praia não baixou os braços e mesmo atrasado face aos rivais que estavam junto dele começou de imediato a recuperar lugares, ultrapassando dois pilotos ainda na primeira volta. O grupo da frente estava longe e Miguel Praia tentava tentava acima de tudo ganhar o maior número de posições até ao final, conseguindo na bandeira de xadrez ser sexto classificado, muito próximo do quarto e quinto classificados.
 

"Sabíamos que iria ser complicado. Não conseguimos o melhor compromisso para a nossa moto e por isso teríamos que correr riscos. Foi o que fiz logo no arranque, mas infelizmente não correu bem."


"Foi pena a primeira curva, mas fiquei muito satisfeito com o que consegui fazer hoje aqui em Curitiba. No final senti que poderia ter discutido o pódio e perdi igualmente algum tempo na fase inicial para ultrapassar alguns pilotos. Foi pena aquele momento no arranque, mas gostei da evolução da moto e da minha pilotagem, pelo que tenho que me sentir satisfeito com o trabalho que aqui foi feito. A Center Moto empenhou-se de novo para me dar as melhores condições e mostrámos que estamos no bom caminho. A próxima prova será em Interlagos e a vontade de vencer será ainda maior. Este fim-de-semana fomos rápidos e consistentes estar ainda mais fortes na próxima."

A próxima corrida do Moto 1000GP realiza-se no próximo dia 26 de Junho, novamente no circuito de Interlagos em São Paulo, circuito que serviu igualmente para dar o arranque a esta época 2013 do campeonato brasileiro. Em Curitiba venceu o campeão em título, o argentino Luciano Ribodino, piloto que ontem tinha conquistado a ‘pole’ com a moto da equipa de Alexandre Barros, o vencedor da primeira ronda do campeonato.


Publicado em 2013-05-26 23:05:00