Nova Honda SH 125, a Mode

A Honda acaba de anunciar uma nova adição à família SH com a apresentação da SH Mode 125. Esta é uma scooter com banco baixo, roda dianteira de 16 polegadas, espaço para um capacete integral, travagem CBS e motor a quatro tempos ultra-eficiente de 125 cm³ com sistema de paragem automática ao ralenti Stop & Go. Estará disponível em meados de Setembro por 2799€.

130904_Honda_SH125_a.jpg

Fonte: Honda

Desde o lançamento da SH50 original, em 1984, que a popularidade da série SH de scooters Honda conquistou um estatuto de "marca dentro da marca", sendo merecedora da confiança dos seus inúmeros utilizadores em toda a Europa. Durante este tempo, a família SH tem tido constante crescimento e evolução, com vendas que totalizam mais de um milhão de unidades desde o seu aparecimento. A primeira SH125 a quatro tempos, lançada em 2001, foi um sucesso instantâneo graças às excelentes performances e baixos consumos do seu motor. Em 2005, a SH125i estreou um sistema de injecção de combustível PGM-FI e a partir de 2013 surge um novo modelo, equipado com um quadro totalmente novo e com o novo motor Honda ultra-eficiente de última geração, para além do novo espaço disponível por debaixo do banco que permite a colocação de um capacete integral.

Características
Preço: 2799 €
Cilindrada: 125 cc
Potência: 11 cv
Peso: 116 kg
 
Destaques
Motor eSP de 125 cc, com Stop & Go
Consumo de 2 Lts/100km
Sistema travagem com CBS
Espaço de arrumação para capacete

Galeria de imagens


A novidade
Em 2014 irá juntar-se à família a nova SH Mode, um modelo que oferece todas as excelente qualidades da linha, com custos de manutenção muito baixos e um atraente preço de 2799 €. A SH Mode 125 foi concebida desde o início com base em alguns pontos-chave: uma posição de condução confortável e direita, juntamente com uma ciclística compacta e banco de baixa altura.

O bom espaço de arrumação para capacete por baixo do assento, algo pouco vulgar nas scooter de roda grande, as suspensões bem reguladas e a condução confortável oferecem uma funcionalidade e acessibilidade abrangentes. O sistema de travagem combinada (CBS) instalado de origem assegura uma travagem confiante ao condutor menos experiente. O motor de 125 cc da SH Mode oferece uma aceleração suave e útil, com fantástica economia de combustível e extraordinária fiabilidade.

Conforto
O objectivo era claro, desde o início do projecto SH Mode 125: desenvolver uma ciclística, cuja disposição e posição de condução, fosse facilmente utilizável e apreciada por uma grande diversidade de pessoas. O guiador tem 990 mm de altura e o banco apenas 765 mm, o que cria uma posição de condução com uma postura naturalmente direita, descontraída e excelente visibilidade a toda a volta.

Debaixo do banco, que se abre e fecha através de um fecho combinado localizado perto da ignição, pode guardar-se um capacete integral. No resguardo dianteiro para as pernas, há um grande gancho para maior capacidade de transporte de bagagem. Foi dada especial atenção ao formato da protecção para as pernas, em relação aos joelhos do condutor, quando este se senta na scooter; a largura na parte frontal do estrado também foi alargada, criando um estrado virtualmente plano, para maior liberdade de movimentos.

O painel de instrumentos foi concebido de forma a facilitar a leitura imediata de todas as informações importantes e possui indicador do nível do combustível, conta-quilómetros total e parcial e relógio. Segundo a Honda, quem viajar como passageiro nesta scooter, vai usufruir de um banco confortável e poisa-pés e pegas integradas no grande porta-bagagem traseiro produzido em alumínio fundido.
 


Ciclística
O quadro tubular, tipo berço, da SH Mode 125 é fabricado em aço de alta resistência e utiliza uma trave central que liga a secção principal do quadro ao sub-quadro traseiro de forma geométrica. A forquilha telescópica apresenta um curso de 89 mm e a suspensão traseira, com 5 níveis de regulação da pré-carga da mola, tem 75 mm de curso. Estes valores, combinados com um peso em ordem de marcha de 116 kg, criam uma scooter citadina extraordinariamente ágil, funcional e fácil de conduzir.

Os 46° de ângulo de viragem do guiador permitem apenas 1,9 m de diâmetro de viragem, semelhante ao de uma scooter com roda 14 à frente, em vez de 16 polegadas. Isto facilita imenso as manobras com a SH Mode 125 em espaços apertados. O travão de disco hidráulico de 220 mm à frente está ligado ao tambor traseiro de 130 mm através do sistema CBS, o que assegura sempre uma força de travagem suave e bem distribuída entre as duas rodas.

Motor
No início do processo de desenvolvimento deste modelo, os engenheiros da Honda pegaram no motor da SH125i e "personalizaram-no" especificamente para a SH Mode. O seu objectivo era produzir uma unidade com uma entrega de potência bem equilibrada e fácil de utilizar, com um binário plano e linear logo desde a rotação zero.

Obter um motor com uma elevada eficiência de combustível e o mínimo de impacto ambiental também foram factores importantes. A potência cifra-se em 11 CV às 8.500 rpm, complementada por 12 Nm de binário às 5.000 rpm. Com o sistema de paragem ao ralenti activado, os consumos situam-se na casa dos 2L/100KM permitindo uma autonomia de 275 km por cada depósito de 5,5 litros de combustível.

Com este modelo a Honda acrescenta mais uma scooter a sua já larga gama de unidade de 125 cc de rande sucesso, de onde se destaca a PCX. Com um valor de 2799€ a SH Mode será uma clara concorrente interna.
 


Publicado em 2013-09-04 10:09:00